Skip to content

CORES PARA SALVAR O CORAÇÃO

Cores para Salvar o Coração é um programa desenvolvido pela World Heart Federation com o apoio técnico e financeiro do Heart Fund, Direct Relief, Instituto Nacional de Saúde (INS), Mozambique Institute for Health Education and Research (MIHER), do Estado de Genebra e Edwards Lifesciences Foundation.

O projeto está a ser implementado inicialmente em Moçambique, que tem uma incidência estimada de 3% de doença cardíaca reumática (DCR) – uma das taxas mais altas entre crianças em idade escolar na África Subsaariana.

Cores para Salvar o Coração é um projeto do WHF em Maputo, administrado pelo MIHER e implementado pelo INS.

DCR é a doença cardíaca mais comumente adquirida em pessoas com menos de 25 anos.

DCR mata mais de 291.000 vidas a cada ano, principalmente em países de baixa e média renda.

A maioria dos pacientes com DCR não chega aos 40 anos de idade

A doença cardíaca reumática é uma doença cardiovascular evitável que afeta 39 milhões de pessoas em todo o mundo, principalmente crianças e jovens adultos. Moçambique tem umas das taxas mais altas de DCR na África Subsaariana entre crianças em idade escolar, estimadas em cerca de 3%.

Cores para Salvar o Coração é uma iniciativa que visa aumentar a conscientização sobre as doenças reumáticas do coração entre crianças, professores e pais, e educá-los sobre a ligação entre dor de garganta e doenças reumáticas do coração, como reconhecer os sintomas e o que fazer quando eles aparecem pela primeira vez.

“CORES PARA SALVAR O CORAÇÃO APARECE EM UM MOMENTO EM QUE O FOCO MUNDIAL NA SAÚDE AUMENTOU POR CAUSA DA PANDEMIA DO COVID-19. CONDIÇÕES SUBJACENTES, COMO DOENÇA CARDÍACA REUMÁTICA, PODEM AUMENTAR O RISCO DE COMPLICAÇÕES DE SAÚDE DE UMA PESSOA, SE INFECTADA. ATRAVÉS DO AUMENTO DA CONSCIÊNCIA, DO ACESSO MELHORADO AO TRATAMENTO E DO INVESTIMENTO EM CUIDADOS ACESSÍVEIS, PODEMOS FAZER DA DCR UMA DOENÇA DO PASSADO.”

Ana Mocumbi, Chefe do Departamento de Doenças Não Transmissíveis, Instituto Nacional de Saúde de Moçambique

Doe agora para apoiar nossa luta para colocar um fim na doença cardíaca reumática

Começa com um lápis de cor …

… mas não termina aí.

Este projeto começou como uma pequena campanha para aumentar a conscientização sobre DCR entre crianças em idade escolar em Moçambique, usando nada além de um livro para colorir e alguns lápis de cor. Desde então, evoluiu para um projeto muito mais ambicioso, com o objetivo de educar crianças, professores e pais para detectar os primeiros sinais de faringite estreptocócica, treinar profissionais de saúde na prevenção de DCR e apoiar a capacidade dos hospitais locais para cirurgias muito necessárias para reparar ou substituir válvulas cardíacas danificadas.

NOSSO IMPACTO

  • Aumentar a conscientização sobre as doenças reumáticas do coração e seus sinais de alerta entre crianças, pais e professores.
  • Fornecer aos profissionais de saúde as ferramentas de que precisam para monitorar, diagnosticar e controlar a DCR, bem como a febre reumática em suas comunidades.
  • Fortalecer os sistemas e estruturas de saúde para permitir a detecção precoce e encaminhamento rápido quando necessário.
  • Aumentar a conscientização sobre FR e DCR e a importância da prevenção entre as autoridades de saúde.
  • Apoiar a capacidade de cirurgia cardíaca em hospitais locais.

60,000

crianças em 24 escolas

600

professores

50

profissionais de saúde

With the support of

Últimas Notícias

Colours to Save Hearts programme: First-Year Report

In 2019, WHF designed an easy-to-print colouring book. It is a fun, educational resource that allows children to play and learn about the links between sore throats, rheumatic fever (RF) and rheumatic heart disease (RHD), and the damage these can cause to heart valves. It aims to instill the right reflexes in children, their parents […]

Rheumatic Heart Disease

The Beat of Change: Celia’s Story

Rheumatic fever is a neglected disease that, if left untreated, develops into the life-threatening rheumatic heart disease (RHD). Mozambique is one of the countries with the highest rates of RHD, mostly affecting children between 5 and 15 years old. This mini documentary takes an intimate look into the experience of Celia, a young girl from […]

Rheumatic Heart Disease

Colours to Save Hearts: Raising awareness of RHD in Maputo, Mozambique

In March 2022, WHF organized a site visit to Maputo, Mozambique, as part of the Colours to Save Hearts programme. Operated by the Mozambique Institute for Health Education and Research and implemented by the National Health Institute of Mozambique (INS), Colours to Save Hearts is a WHF initiative aimed at raising awareness of rheumatic heart disease (RHD) […]

Rheumatic Heart Disease

Ending Rheumatic Heart Disease is achievable if we put our heads and minds to it

This editorial was authored by WHF Director of Policy and Advocacy Jeremiah Mwangi and was first published in FORESIGHT Global Health on 19 August 2021.  Preventable, yet persistent, Rheumatic Heart Disease (RHD) is the most commonly acquired heart disease in people under 25 years of age. The World Heart Federation (WHF) is committed to the […]

Rheumatic Heart Disease